A Chuva

Quando eu era bem pequena e tinha medo de trovões e chuvas, minha mãe me pegava no colo, me levava até a janela da sala e apagava todas as luzes. Eu, desconfiada, tremia ainda com mais medo. Ela ficava quietinha e dizia que se eu prestasse bem atenção a chuva estava tocando uma música. Eu apenas observava, agarrada no pescoço dela, me sentindo a criança mais segura do mundo. Ela não tinha medo de nada.
Com o tempo deixei o medo de lado também e, curiosa, tentava entender e buscar a melodia entre as gotas de chuva. Hoje nos meus dias de folga e nos mais tensos também, eu espero que chova. Só pra poder me recostar e, paciente, tentar.ouvir a música.
Essa noite ganhei um presente. Porque de calma, era a chuva tudo o que eu precisava.

large

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s